Amante Eterno - J. R. Ward (Irmandade da Adaga Negra #02) | RESENHA [BEDA 09]

09 abril

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Amante Eterno", segundo volume da série Irmandade da Adaga Negra, escrita por J. R. Ward. O primeiro volume é "Amante Sombrio" e tem resenha aqui no blog, é só clicar aqui.

Resultado de imagem para amante eterno capa
  Título: Amante Eterno 
  Título Original: Lover Eternal
  Série: Irmandade da Adaga Negra 
  Volume: 02 
  Autor(a): J. R. Ward
  Ano: 2010 
  Editora: Universo dos Livros
  Número de Páginas: 448 páginas 
  Nota:      
 SINOPSE: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo para todos à sua volta. Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater a sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está buscando o amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...

ENREDO:
De uma forma geral, a série Irmandade da Adaga Negra traz a história de cada um dos integrantes dessa sociedade. Todos eles são vampiros guerreiros que lutam para defender a sua raça.

Em "Amante Eterno", o guerreiro apresentado é Rhage, vampiro que carrega uma terrível maldição: uma besta. Sempre que ele se descontrola de alguma forma, a besta toma o seu corpo e ele vira um monstro destruidor. Quando isso acontece, ele não é capaz de distinguir quem é amigo e quem é o inimigo.

Mary Luce cai de paraquedas no mundo de Rhage. Ela é humana e desconhece essa existência de vampiros, mas mal sabe ela que sua melhor amiga e vizinha também é uma vampira. Juntas, elas irão atrás dos guerreiros para que ajudem o John, um jovem amigo que não entende o que está acontecendo com ele mesmo. 

Mary infelizmente teve um problema grave de saúde no passado e a doença pode estar voltando.

Rhage se encanta por Mary, entretanto, muitas coisas podem impedir que eles fiquem juntos.
"Se eu sentisse menos, seria diferente, mais fácil. Mas você provoca algo estranho em meu corpo, por isso, segurar-me totalmente é a única maneira de estar com você. Do contrário, posso me descontrolar e a última coisa que quero é apavorá-la. Ou pior, machucá-la."
Foto: Leitora Cretina
MINHA OPINIÃO:
Os livros dessa série são todos enormes, mas mesmo assim eu leio eles em poucos dias. A história é tão envolvente que é impossível parar. Na resenha anterior, eu falei e expliquei um pouco sobre o mundo completamente novo que a J. R. Ward criou para essa história e eu preciso elogiar esse ponto novamente. Gostei de como ela conseguiu misturar os dois mundos nesse livro. Caso não tenha lido o primeiro volume ou já tenha esquecido a história, irei explicar melhor. Temos os vampiros guerreiros (que são os da Irmandade) e os vampiros civis. O inimigo deles são os redutores, humanos sem almas que querem exterminar a raça deles. Os guerreiros lutam para proteger a espécie. Então já dá para ver que temos muitas cenas de batalha.

Rhage é um personagem bonitão, sexy, que atrai olhares, mas que precisa se manter controlado, só que em alguns momentos isso fica bem difícil. A maneira como ele e a besta que carrega foram retratadas foi muito bacana.

Mary encanta a todos que leem esse livro. Apesar de ter sofrido bastante na vida, ela mantem uma luz acessa dentro dela. Ela é forte, decidida... toda a gentileza que ela carrega é natural. Se eu pudesse trazer um personagem pra realidade, seria ela, com certeza.

O relacionamento que os dois constroem é gostoso de acompanhar. Ambos lutam contra coisas de suas vidas pessoais que podem destruí-los, porque querem permanecer juntos. Acho que esse fato fez com que eu o favoritasse.
"Queria lhe sugerir outra palavra para que a pronunciasse, algo como apetitoso, sussurro ou morango. Bom mesmo seria inconstitucionalissimamente."

Uma coisa que não ocorreu no livro anterior (ou ocorreu e eu não percebi) é que nesse livro ele já vai introduzindo a história do próximo volume. Já conhecemos um pouco dos personagens, algumas situações envolvendo eles e o quão emocionante será o começo do terceiro livro. Além do romance foco do próximo livro, temos a descoberta de coisas envolvendo o mundo dos guerreiros!!

Temos muitas cenas eróticas e super bem narradas, cheias de detalhes.

A escrita da autora é sem igual. Como eu já disse, a habilidade maravilhosa que ela teve em criar um novo mundo é demais. Há uma grande riqueza de detalhes na narração (inclusive, a narração é em terceira pessoa). Os capítulos possuem algumas divisões, onde a autora quebra linhas para narrar o que está acontecendo no mundo dos vampiros e o que está acontecendo no mundo dos redutores. Confesso que não gostava das partes que contavam sobre os redutores, mas geralmente são momentos rápidos.

O final é muito emocionante, chorei. Os sacrifícios que os personagens fazem em nome daquilo que acreditam por si só já é bonito. A história principal recebe um desfecho, porém, por conta dessa apresentação de outros personagens e novas histórias, o leitor ainda fica com um gosto de "quero mais" e ansiosos para dar continuidade na série.
"Deus, mais uma vez ela havia cuidado dele quando precisara. Tinha sido inflexível. Forte. Disposta a enfrentar seus irmãos. O amor encheu seu coração, dilatando-o de tal forma que sua respiração parou."

SOBRE A EDIÇÃO:
As páginas são bem amareladas, com a fonte confortável para leitura tanto no estilo, quanto no tamanho.
Foto: Leitora Cretina
A maioria dos capítulos são curtos, e ainda há as quebras neles, que na minha opinião fazem com que a leitura flua muito mais rápido do que longos capítulos.

Eu amo as capas dessa série, adoro esse padrão de rostos e fonte, só mudando as cores de um volume para outro.

Já leram a série? Gostaram?
Beijão!

Você poderá gostar também:

16 comentários

  1. Oláaaaa!!!
    Adorei a resenha e até adicionei a série na minha lista. Fiquei com vontade de ler! <3

    Beijos e sinto muito pela ausência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Ai que demais! Depois me conta o que achou <33
      Saudade de ver vocês por aqui!! :D

      Beijão

      Excluir
  2. Oi Moni,
    adorei a resenha. Você está parecendo aquelas bogueiras de revista profissional (rsrs, sério). Eu li e fiquei muito curiosa para conhecer a história. Espero gosta da série, porque li alguns comentários negativos...

    P.S não poderia deixar de falar sobre essas fotos lindas. Virei sua fã ♥

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lice!!
      Hahah, quem me dera, linda!! Obrigadaaaa!
      É uma série que divide opiniões mesmo. Leia o primeiro, depois me fala o que achou!!
      Muuito obrigada, meu amor! Eu que sou sua fã <3

      Beijão

      Excluir
  3. Oi Mônica! Eu AMO a J.R Ward, amo essa série e cada resenha que leio sobre o IAN eu fico feliz. Acho que todo mundo deveria conhecer esses vampiros lindos! Rhage é um dos meus preferidos, bem como Amante Eterno <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi!!
      Aí eu tambémmm. Estou com o quarto livro aqui em casa e mal vejo a hora de começar a leitura <3

      Beijão

      Excluir
  4. Faz um tempo que não leio livros de fantasia e eu dei uma boa desanimada com esse gênero. Não tenho tanta vontade porque alguns escritores não conseguem desenvolver bem o mundo que criam, nem os personagens. Já ouvi falar dessa série, mas nunca tive vontade de ler. Fico feliz que você tenha gostado tanto do livro, mas não sei se leria. Achei interessante e estranho o vampiro que vira uma besta e acho que isso até poderia me fazer dar uma chance para o livro, mas o que mais gostei foi do final ter te emocionado. Gosto de livros com finais arrebatadores, então fiquei um pouco instigada a ler por esse motivo. Quem sabe um dia eu leia.
    Mesmo não sendo o livro que mais quero ler no momento, gostei da forma como expôs a sua opinião, ficou bem interessada.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Já eu estava bem saturada dos new adult e quando comecei essa série, voltei a ter um up com o gênero. Quase não leio fantasia, então estou tranquila quanto a isso.
      Esse fato do vampiro e da besta é algo bem diferente, né? Posso te garantir que a autora sabe explorar muito bem o mundo que ela cria.
      Todos os livros dessa série (até onde eu li) tiveram finais arrebatadores. Espero que isso continue :D
      Fico feliz em saber que tenha ficado interessada!! Muito obrigada <3

      Beijão
      Leitora Cretina

      Excluir
  5. Oi, Mô!
    Bom saber que a história é rápida, porque com essa quantidade de páginas e de livros eu desisto um cadinho hahhhaha
    E quando eu penso em começar a ler, a mulher vai me lançar mais um. Nossa, gente... é história demais pra contar viu?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!
      Hahahh, eu também penso assim!! Eu normalmente fujo dos livros enormes!
      É mesmooo! E ela não para de lançar :D

      Beijão

      Excluir
  6. Eu amo amo amo Irmandade. ainda não terminei de ler a serie, porque fico com dó de acabar e ficar esperando lançar o proximo, to no 11o. livro, mas esse livro e Rhage são um espetaculo ne. O Dragão é tudo de bom . Cada novo livro uma nova paixão. Eu AMO O REI E BUTCH, por enquanto eles são meus preferidos, mas nunca sei se vou me apaixonar pelo proximo rrss

    Parabens pelo blog
    Abçs
    Ana Paula
    http://paixaoporleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Hahah, eu te entendo! E a publicação deve demorar bastante... são livros longos, até a autora publicar, até chegar em português...
      É mesmooo! A forma como ela retratou a besta é muito comovente!!
      Eu amooo o Rei, o Rhage e o Z!! <3
      Muuuito obrigada, Ana Paula <3

      Beijãooo

      Excluir
  7. Oi Mônica!
    Morro de vontade de começar a ler essa série,mas são muitos livros e cada um maior que o outro,fica difícil kkkkkkkkkk
    As capas são lindas mesmo,super chamam a atenção.
    Os capítulos curtinhos facilitam,a leitura deve fluir mais rápido mesmo.Vou ver se pego o primeiro pra ler,se gostar quem sabe continuo kkkkkkkk
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Hahah, e a série não para nunca, né? A autora está sempre escrevendo mais e mais!!
      Isso!! Espero que você goste. Depois me conta o que achou do livro :D

      Beijão

      Excluir
  8. Oi Mô!
    Faz tempo que ouço falar nessa série da Irmandade da Adaga Negra, mas, nunca li nenhum livro. Realmente esta encantando muita gente por aí, não faz muito meu estilo...

    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Ahh, que pena, Cecy! São livros maravilhosos. Tenta dar uma chance pra eles qualquer dia :D

      Beijão

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Sobre Mim

Olá! Meu nome é Mônica, me chame de Mô (se preferir). Tenho 18 anos e sou uma pisciana do amor. Sempre tive interesse em fazer faculdade de Direito e hoje realizo esse sonho. ╔ Leia Mais

Curta a página no Facebook