Os 13 Porquês - Jay Asher | RESENHA [BEDA 19]

07:19

Foto: Leitora Cretina
Olá, leitores! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro "Os 13 Porquês", escrito por Jay Asher, livro que inspirou a série de tv com o mesmo nome. 

Eu conhecia muito pouco da história quando vi o trailer da série , mas acabei gostando da premissa que ele trazia, então, decidi lê-lo antes de assistir a série (apesar da resenha estar saindo bem depois).



Resultado de imagem para os 13 porques capaTítulo: Os 13 Porquês 
Título Original: 13 Reasons Why 
Livro único
Autor(a): Jay Asher
Ano: 2009 
Editora: Ática
Número de Páginas: 256 páginas 
Nota:    
Adicione no Skoob
SINOPSE: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker, uma colega de classe e antiga paquera, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Foto: Leitora Cretina
ENREDO:
A história começa com Clay Jensen enviando uma caixa a alguém, e então a história retrocede para o momento que ele mesmo recebeu aquele pacote em sua casa. Na caixa, há 7 fitas e Clay deveria ouvir os 13 lados que estão gravados. Cada lado da fita tem um motivo pelo qual Hannah Becker se suicidou, e cada motivo é relacionado a alguém. Se você está recebendo esse pacote com as fitas, você é um dos motivos.
MINHA OPINIÃO:
Tudo acontece pelos olhos de Clay. Durante todo o livro, ele narra o que ele está fazendo e meio a isso, lemos o que Hannah deixou nas fitas. Cada lado da fita fala sobre uma pessoa que poderia ter influenciado na decisão de Hannah, então, ela conta onde a bola de neve começou e como a partir dali as coisas foram desmoronando cada vez mais para ela.
"- Você pode ter ouvidos boatos, mas não pode dizer que sabe alguma coisa de verdade só por causa deles."

Todos que estão na fita recebem as gravações e depois que ouvirem, devem repassar para a próxima pessoa. Se eles pararem de repassar, um segundo lote de gravações será divulgado e todos os segredos que apenas aqueles que estão na fita e Hannah sabem, será de conhecimento de todo mundo.
Foto: Leitora Cretina
A cada fita Clay e o leitor descobrem um pouco sobre os personagens envolvidos, o que eles fizeram que marcaram Hannah, mas o que Clay não entende é o porque dele ter recebido as fitas. Ele não entende de que forma ele poderia estar envolvido. Foram poucas as vezes que ele manteve contato com Hannah, e ele não se lembra de nada que pudesse machucá-la como as outras pessoas da fita fizeram. Descobrimos inclusive que ele sempre nutriu um sentimento pela Hannah e isso é explorado melhor em suas narrações.
"No meio da sala, à esquerda, estará a carteira de Hannah Baker. Vazia."


A primeira coisa que me atraiu no livro foi esse mistério de descobrir mais sobre Clay, entretanto, outras questões intrigam o leitor: quem são as outras pessoas da fita? O que fizeram? Quem é a 13ª pessoa?
Para cada pessoa que recebeu a fita, é dado um mapa da cidade, onde Hannah marcou os lugares onde situações importantes aconteceram, então, enquanto Clay escuta a voz dela, ele caminha até esses locais (o livro todo se passa em um dia).

Quando eu finalizei a leitura, não sabia como eu me sentia a respeito do livro. Eu havia gostado? Sim, mas acho que acima de tudo o livro quis trazer uma mensagem para as pessoas que o lessem. A gente nunca sabe o que o outro está passando. Não é justo julgar as pessoas. Tenha empatia, se coloque no lugar do próximo! Algumas vezes tomamos atitudes sem pensar no que aquilo resultará na vida do próximo. 
"[...] Portanto, as pessoas muitas vezes são levadas a acreditar que a morte foi um acidente. O problema é que não ficamos sabendo o que realmente sentem as pessoas com as quais convivemos."
Foto: Leitora Cretina
Todos passamos por momentos difíceis na vida, mas o que fazemos a respeito desses momentos é o mais importante. Nunca pense que está sozinho, porque nunca estaremos. Independe se você acredita em alguma divindade ou não, existem pessoas que se importam com você, mesmo que ache que não. Procure ajuda! Você sempre terá alternativas pra tudo na vida, tudo possui uma solução e acabar com a própria vida não é uma delas.

Foi uma leitura bacana por conta dos aprendizados que o leitor pode ter e por conta do mistério de descobrir os 13 motivos, porém, acredito que se a leitura for feita em um dia só, ficará cansativa... porque pouca coisa está realmente acontecendo, são apenas narrações e narrações, ou seja, poucos diálogos; e mesmo assim, o autor conseguiu me fazer sentir angustiada. O leitor consegue sentir o que os personagens estavam sentindo nas narrações; o que não deixou muito transparecido é a personalidade deles. Os dois apenas narram o que acontece e o que aconteceu. 

Devo reconhecer que foi difícil, depois de um tempo, lembrar os nomes e associar com o que fizeram.

Além do suicídio, o autor aborda alguns temas bem pesados, levando o leitor a refletir sobre eles também. 
Foto: Leitora Cretina
SOBRE A EDIÇÃO:
Essa capa é muito bonita, gostei da representação da fita. Por dentro, é muito aconchegante! As páginas são amareladas, com uma fonte boa para leitura. Nos momentos que quem está narrando é a Hannah, as letras ficam em itálico, para diferenciar. Sempre que o Clay aperta o "play" ou "stop" da fita, os seus símbolos aparecem nas páginas.

Como eu disse, as pessoas que recebem as fitas, ganham também um mapa da cidade com as marcações da Hannah e o leitor também tem a imagem do mapa. Na contra capa do começo e do final tem o mapa.
Foto: Leitora Cretina
Se vocês quiserem, em breve faço um post falando sobre a série. 
Beijão!

Você poderá gostar também:

30 comentários

  1. Eu me senti como você. Com certeza não foi um livro 5 estrelas mas é um livro que fica na cabeça da gente. E isso é bom.

    O seriado na minha opinião foi muito melhor. Eu fiquei bem sentida depois que acabei de ver.

    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anne!!
      Penso o mesmo! É um livro com uma reflexão muito boa, mas a ideia do enredo ficou melhor do que a história em si.
      Ainda não consegui ver toda a temporada (semana de provas acaba com a gente) :(

      Beijão

      Excluir
  2. Primeiro: que fotos lindas ein! Eu já sabia do livro, mas nunca li, ele está em alta agora, então li várias resenhas sobre ele. Particularmente acho a história boa, apesar de não ser meu gênero preferido, com certeza leria se tivesse a oportunidade!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilian!
      Muuuito obrigada <3
      Eu também não era muito de ler livros do gênero, mas entrei numa onda louca de ler livros assim e até que estou gostando... dando uma pausa nos new adult!

      Beijão

      Excluir
  3. Olá!

    Resenha ♥, eu preciso ler esse livro antes de ver a serie. Porem o livro tá meio caro, é necessário vender um rim (hahaha).


    Abraços!
    Estante do Lima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Hahah, está caro mesmo!! Sorte que eu encontrei o livro na biblioteca. Mas eu acho que logo abaixa o preço.

      Abraçosss

      Excluir
  4. Oi oi!
    Eu só passei o olho na resenha, por que agora quero ler o livro! Eita, haha.

    Eu não tinha muita curiosidade, mas daí fui ver a série e fiquei curiosa...

    A capa é muito linda, né? :)

    Beijooo!

    https://blogminhaorbita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Midian!!
      Hahah, não se preocupa que não tem spoilers na resenha, pode ler tranquila :D
      A capa é maravilhosa mesmo! Achei mais bonita do que a versão original.

      Beijão

      Excluir
  5. Oi Mo.

    Ta vendo, eu vivo falando q somos almas gêmeas literárias!

    Baixei esse livro ontem!
    Tô na metade!

    Que coisa não?

    Depois te conto o q achei;)

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anna Paula!
      Carambaaa, hahah, minha gêmea mesmo, está comprovado <3
      Me conta mesmo o que você achou, hein? Estou curiosa! Boa leitura!!

      Beijão

      Excluir
  6. Oi Mônica! Eu sempre tive vontade de ler o livro, mas a necessidade só veio mesmo depois que eu vi a série, aliás, acho que a série nos ajuda na leitura na questão de nos lembrar que fez o que. A edição realmente é muito bonita!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi!
      Simm, eu também acho isso, porque fica marcado na sua memória visualmente, né? Você consegue assimilar pelos rostos.
      Ainda não consegui ver a série toda, parei no episódio dois ainda :(

      Beijão

      Excluir
  7. Hey, Mô!
    Esse livro foi tão marcante para mim! Na época em que li, ele foi um bote salva vidas. Vendo tudo o que aconteceu com a Hannah, e como sua decisão afetou a todos ao seu redor. percebi que nossa vida, não desrespeito apenas a nós mesmos. Sempre tem alguém ao nosso redor, e pessoas que amamos, que não queremos machucar. E ainda há o ponto de nossas atitudes interferirem na vida de outras pessoas... Eu amo, o modo como o autor nos colocar para pensar. E por isso, definitivamente é o livro da minha vida.
    Ah, faz sim o post da série!!
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anya!!
      É mesmo, concordo com o que você disse. Nós nunca estamos sozinhos, é importante saber disso. As vezes um "tudo bem?" muda a vida das pessoas, um gesto simples muda tudo. Esse com certeza é um livro que todos deveriam ler.
      Opa, pode deixar, linda! Eu vou entrar em semana de provas da faculdade e assim que as coisas se ajeitarem, farei! :D

      Beijão

      Excluir
  8. Oi Mô! Tudo bom?
    Por ter ouvido falar tanto da série e sobre os gatilhos nela, imagino que o livro também tenha situações do tipo, por isso vou acabar passando longe. Não é o tipo de leitura que eu procuro, até porque histórias pesadas emocionalmente assim me perturbam demais :/
    Li Fale! faz pouco tempo, mas parece que as coisas chocantes do livro me perseguem dia e noite, então com 13 Porquês vou evitar.
    Mas acho legal que a série e o livro estão trazendo discussões sobre o assunto, porque precisamos muito falar sobre, prevenir e ajudar.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denise! Estou bem e você?
      Eu entendo perfeitamente. Eu também não sou acostumada a ler livros do gênero, mas a premissa dele me conquistou.
      Não conheço o "Fale!", vou dar uma procurada sobre ele.
      Realmente é um assunto que precisa ser conversado, isso pode ajudar muitas pessoas.

      Beijão

      Excluir
  9. Oi Mônica, tudo bem??
    Eu nunca tive vontade de ler o livro para ser bem sincera... sempre li resenhas positivas e tive um pedaço do enredo e o que esperar da história e isso me bastou, quando surgiu a série, tive vontade de assistir e ao mesmo tempo que gostei, me irritei também... realmente não sabemos o que o outro está passando e julgar não é o melhor caminho. Acho que essas pessoas que resolvem terminar com sua vida, por qualquer motivo que seja... deveria sim procurar ajuda, se esconder e tirar a vida jamais será o melhor caminho... enfim, não dá para falar muito, porque na série achei os motivos de Hannah fraco para ela chegar onde chegou e no fim ela se deixou levar por algo que ela poderia ter evitado se quisesse, mas, enfim rs. Adorei sua resenha e gostei de sua opinião a respeito. Xero!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diana!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha <3
      É que é bem complicado a gente falar que os motivos que levaram ela a fazer isso foram fracos, já que nem todos pensamos da mesma forma, sabe? Nós temos bagagens diferentes umas das outras... aquilo que pode ter sido considerado banal para alguns, pode ter sido o estopim para outros. É importante pedir ajuda :D

      Beijão

      Excluir
  10. Oi, Mô!
    Esse é um daqueles livros que eu precisei de tempo para assimilar melhor.
    A trama é bem densa e trata de assuntos pesados, né? Apesar disso, gostei demaaaais!
    A diferença entre o livro e a série, é que a série é mais destinada as pessoas que foram ou podem ser um porquê de alguém. Já o livro pode ser lido por qualquer um.
    Assiste a série, você vai gostar!!!
    Beijinhos

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mari!
      Que demais esse seu ponto, Mari. Eu vi apenas dois episódios da série e não consegui captar isso! Adorei.

      Beijão

      Excluir
  11. Oi, Mô!
    Esse livro literalmente salvou a minha vida. Amo amo amo demais ele.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!
      Que bom que esse livro te ajudou de alguma forma <3

      Beijão

      Excluir
  12. Simplesmente amo esse livro! A série também é muito boa!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom que você gosta. A série eu ainda não terminei de ver, mas estou gostando :D

      Abraços

      Excluir
  13. Eu achei tanto o livro, quanto a série que foi baseada nele maravilhosos! Mas é como vivo dizendo por ai: não adianta ter dó da Hannah e fazer com outras pessoas oque fizeram com ela. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      COM CERTEZA! As coisas devem começar por aí!! Espero que o livro e a série possam ajudar as pessoas e conscientizá-las.

      Beijão

      Excluir
  14. Uma coisa que senti falta nesse livro foi um ponto de vista mais amplo da situação, para saber o que a Hanna sentia, em que estado ela se encontrava... ficou muito preso à visão do Clay... mas li em um dia só, fui abduzida pela história e não pude parar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lí!
      Eu também senti falta disso! Bom, foi como eu disse na resenha, a gente não vê quase nada sobre como a Hannah era, nem como ela estava e isso fez falta na história.

      Beijão

      Excluir
  15. Eu já tinha lido esse livro no ano passado e após assistir a série eu dei uma relida em alguns pontos que eu me lembrava que mudou nas telinhas. Acho o assunto super importante de se divulgar
    Parabéns pelo post de conscientização.

    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Acredita que eu ainda não vi a série? Vi dois episódios só e já percebi muitas mudanças.
      Obrigada, lindona <3

      Beijão

      Excluir

Olá! Deixe seu comentário. Eu vou adorar ler e respondê-lo. <3

Sobre Mim

Olá! Meu nome é Mônica, me chame de Mô (se preferir). Tenho 18 anos e sou uma pisciana do amor. Sempre tive interesse em fazer faculdade de Direito e hoje realizo esse sonho. ╔ Leia Mais

Curta a página no Facebook